Alma Boa - Uma parábola chinesa

Uma pessoa consegue ser boa no mundo como está organizado? Essa é a pergunta lançada por Bertolt Brecht na parábola de Setsuan. O mundo não pode permanecer como está e precisa ser destruído a não ser que se encontre ao menos uma alma boa que o justifique. Três Deuses são enviados à terra para encontrar essa alma boa. Já prestes a desistir são ajudados por Chen Te, uma mulher que cumpre todos os requisitos que procuram exceto por um: é uma prostituta. Os deuses então decidem ajudá-la com uma quantia em dinheiro para que mude de vida mais fácil e seja, enfim, a tão procurada alma boa. Contudo, ao abrir uma pequena loja, Chen Te se depara com muitos desafios para permanecer no caminho da bondade.

Clique aqui para ver o teaser da peça!

 

Ficha Técnica

Elenco: Ana Carolina Salomão, Andressa Sanday, Dirceu de Carvalho, Júlia Munhoz, Juliana Eiras, Juliana Saravali, Quesia Botelho e Virgílio Guasco  |  Direção: Dirceu de Carvalho  |  Trilha musical original: Henrique Cantalogo  |  Direção musical e execução de trilha ao vivo: Felipe Macedo e Henrique Cantalogo   Dramaturgia: Dirceu de Carvalho  |  Figurino: Warner Reis Junior  |  Confecção de figurinos: Warner Reis Junior e o grupo  |  Cenografia: Thalita Castro  |  Iluminação: Marcelo Lazzaratto  |  Técnica e Operação de luz: Ton Ribeiro e Presto Kowask  |  Arte: Virgílio Guasco  |  Design gráfico: Afonso Neto  |  Duração: 120 minutos  |  Classificação indicativa: 12 anos

Copyright © 2016 - CIA HISTRIÔNICA DE TEATRO - Todos os direitos reservados

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle